Confira a previsão do tempo para as próximas duas semanas

Por Repórter Jota Silva

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) concluiu, nesta segunda-feira (12), a previsão do tempo para as próximas duas semanas. Na primeira, são previstos maiores volumes de chuva (cores laranja, vermelho e rosa), com valores superiores a 50 milímetros (mm), nas regiões Norte e Sul, além de áreas dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. Já em grande parte da região central do Brasil e interior da Região Nordeste, há previsão de predomínio de tempo seco na maioria dos dias (tons em branco e azul).

Confira, a seguir, a previsão do tempo detalhada para cada região do Brasil nas próximas duas semanas.

Previsão para a 1ª semana (12/06/2023 a 19/06/2023):

Região Norte: são previstos volumes de chuva que podem ultrapassar 40 milímetros (mm) em áreas centrais do Amazonas, faixa oeste e nordeste do Pará, Roraima e Amapá. Em contrapartida, pouca chuva é prevista no Acre, com valores inferiores a 30 mm. Em Rondônia, Tocantins e sul do Pará, haverá predomínio de tempo seco.

Região Nordeste: estão previstos acumulados de chuvas no noroeste do Maranhão, com valores que podem ultrapassar 40 mm. Já na faixa leste da região, incluindo a área do Sealba (região formada por áreas dos estados de Sergipe, Alagoas e Bahia) ainda será de chuvas persistentes durante toda a semana, sendo que, a partir do dia 14 de junho, os volumes podem intensificar entre os estados do Rio Grande do Norte e Sergipe. No interior da região, há predomínio de tempo seco.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: há previsão de predomínio de tempo seco, baixa umidade e sem chuvas em praticamente todas as regiões. No centro-sul do Mato Grosso do Sul e sul de São Paulo, o avanço de um sistema frontal irá favorecer a ocorrência de chuva com volumes que podem ultrapassar os 60 mm. Na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, há possibilidade de chuvas rápidas e isoladas com baixo acumulado de chuva.

Região Sul: o avanço de um sistema frontal no início da semana pode provocar chuvas volumosas em Santa Catarina e Paraná. No decorrer da semana, uma área de baixa pressão irá reforçar as instabilidades ocasionando volumes elevados de chuvas exceto no sul do Rio Grande do Sul.

Previsão para a 2ª semana (20/06/2023 a 28/06/2023):

Região Norte: são previstos acumulados maiores que 30 mm em praticamente todo o centro e norte da região, com valores superando os 70 mm em áreas do noroeste do Amazonas e norte do Pará. Já em áreas do sul do Acre, Rondônia, Tocantins e sul do Pará, os acumulados de chuva poderão ser inferiores a 20 mm.

Região Nordeste: haverá predomínio de tempo quente e seco, principalmente no interior da região. Na faixa norte e leste, há previsão de chuvas com valores abaixo de 50 mm.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: há previsão de tempo seco e sem chuvas em praticamente toda a semana, com exceção de áreas do extremo sul em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro, onde podem ocorrer pancadas de chuva com acumulados que não devem ultrapassar os 50 mm.

Região Sul: há previsão de acumulados de chuvas, que não devem ultrapassar 60 mm em áreas do Paraná e de Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, há previsão de baixos acumulados de chuva.

Confira AQUI a previsão completa para os próximos 15 dias e as condições observadas no Brasil na última quinzena no Informativo Meteorológico nº 23/2023.

Fonte: Portal Inmet