rejeita ação contra Alexandre de Moraes"/>

Superior Tribunal Militar rejeita ação contra Alexandre de Moraes

Por Repórter Jota Silva
Divulgação: Jota Silva

O Superior Tribunal Militar (STM) rejeitou a primeira de duas ações protocoladas contra Alexandre de Moraes pelo ex-juiz e advogado Wilson Issao Koressawa. Em sua decisão, o almirante de esquadra Cláudio Portugal Viveiros entendeu ser inconstitucional o pedido de habeas corpus feito contra o Ministro do STF. As informações são do portal Metrópoles, que teve acesso à decisão.

A ação já rejeita foi um pedido de habeas corpus a manifestantes e que o tribunal militar proíba Moraes de determinar prisões e de multar veículos. Entretanto, o STM apontou que não tem competência para julgar autoridades da Suprema Corte do país.

“Assim, ante expressa previsão constitucional, não cabe a este Superior Tribunal Militar processar e julgar as mencionadas autoridades, impondo-lhes qualquer sanção, independente do delito praticado. Ademais, ao contrário do que alega o Paciente, também não cabe a esta Egrégia Corte o julgamento de pretensos delitos previstos na antiga Lei de Segurança Nacional, entendimento este que tem sido adotado há muito por este Tribunal”, escreveu o Ministro do STM. Koressawa, contudo, interpôs um advogado, o que pode levar a ação para o plenário da Corte militar.

Já o segundo pedido contido na ação protocolada pelo ex-juiz no STM, que requeria a prisão do Ministro Alexandre de Moraes, ainda não foi julgado. Entretanto, pelo entendimento no primeiro caso, o arquivamento deve acontecer novamente.

Caminhão de mudança no Palácio da Alvorada

A imprensa divulgou na tarde desta quinta-feira, 15, que um caminhão de mudança estaria retirando os pertences de Jair Bolsonaro do Palácio do Alvorada, residência oficial do Presidente do Brasil..

*Com informações do portal Direita Online.