Pratos quentes de inverno podem ser harmonizados com vinhos

Por Redação Saiba Já News
Pratos quentes de inverno podem ser harmonizados com vinhos

No dia 21 de junho, a época mais fria do ano, o inverno, inicia-se no hemisfério Sul, estendendo-se até o dia 23 de setembro. Durante esse período, o consumo de vinho pode ser, com sua variedade de sabores e aromas, uma boa pedida para o acompanhamento de refeições quentes. 

A harmonização, como é chamada a combinação de pratos com bebidas alcoólicas, dessa maneira, é capaz de transformar uma refeição em uma experiência sensorial. Ao escolher o vinho, é possível intensificar sabores, equilibrar temperos e criar uma harmonia entre a comida e a bebida. 

As opções são variadas. Para Brunno Magnavita, fundador da Elite Vinho, os vinhos mais procurados durante as temporadas mais frias são os tintos. De acordo com ele, alguns dos vinhos mais vendidos no inverno incluem os Bordeaux franceses, os Barolos italianos, os Malbec argentinos e os Cabernet Sauvignon californianos. “Eles são mais encorpados e têm um teor alcoólico maior, o que ajuda a aquecer os corpos frios”, explica.

As melhores harmonização de vinhos 

Para carnes vermelhas grelhadas ou assadas, um Cabernet Sauvignon ou um Malbec podem ser escolhas acertadas, indica o fundador da Elite Vinho. Já pratos de aves com molhos encorpados combinam bem com um Pinot Noir ou até mesmo um Chardonnay. “Para a cozinha italiana com seus molhos de tomate ricos, a escolha pode ser um frutado Sangiovese ou um Nero d’Avola siciliano”, aponta.

É interessante notar que, apesar de os vinhos tintos serem os mais associados ao inverno, isso não significa que os brancos e espumantes devem ser esquecidos”, ressalta Brunno Magnavita. 

As principais combinações para o inverno

Um dos principais pratos quentes da estação mais fria do ano é o fondue, que pode harmonizar bem e de formas diferentes a partir da base da iguaria, pontua Magnavita. Em relação ao fondue de queijo, os vinhos brancos de alta acidez são os mais indicados. “Aqui, um Riesling alemão, com sua acidez característica e notas de maçã verde e cítricos, pode ser uma maravilhosa escolha”, aponta Magnavita. 

Já em relação ao fondue de carne, o fundador da Elite Vinho explica que os tintos de médio corpo, como um Pinot Noir ou um Merlot bem equilibrado, são boas combinações. Por fim, o fondue de chocolate, Brunno Magnavita comenta que pode ser bem acompanhado por um vinho do Porto ou um espumante demi-sec.

Um dos motivos pelos quais determinados vinhos são mais apreciados no inverno tem a ver com sua estrutura e teor alcoólico, diz Magnavita. Segundo ele, os vinhos tintos encorpados, tendem a aquecer mais, criando uma sensação aconchegante e confortável.  “Além disso, esses vinhos também possuem taninos mais presentes e sabores mais intensos, que harmonizam bem com pratos típicos da estação, como ensopados, assados e queijos curados”, entretanto, é necessário ressaltar a importância de beber com moderação.

Para saber mais, basta acessar: www.elitevinho.com.br