Carbios irá receber subsídios no total de € 54 milhões do estado francês via France 2030 e região de Grand-Est1 para financiar construção da primeira usina de biorreciclagem de PET do mundo e acelerar atividades de P&D

Por Redação Saiba Já News

Carbios (Euronext Growth Paris: ALCRB), pioneira no desenvolvimento e industrialização de tecnologias biológicas para reinventar o ciclo de vida de plásticos e têxteis, anunciou que seu projeto foi selecionado pelo estado francês para financiamento de € 30 milhões do estado francês como parte do plano de investimentos France 2030 e € 12,5 milhões da região de Grand-Est. A implementação deste financiamento está condicionadaàaprovação pela Comissão Europeia do regime de auxílios estatais correspondente, seguida da assinatura de contratos de auxílios nacionais. No âmbito do convocação nacional para projetos sobre “Reciclagem de Plásticos” promovida pela ADEME2, foi selecionado o projeto da Carbios para finalizar a industrialização de seu exclusivo processo de bioreciclagem de PET. A planta de referência em Longlaville, na região de Grand-Est, será a primeira usina de biorreciclagem de PET do mundo e deve entrar em operação em 2025. Esta planta irá permitir a transferência para a França da produção de dois componentes básicos do PET, PTA e MEG3, ambos derivados do processo da Carbios.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20230531005842/pt/

Carbios will receive grants totaling €54 million from French State via France 2030 and Grand-Est Region to finance construction of world's first PET biorecycling plant and accelerate R&D activities (Photo: Carbios)

Carbios will receive grants totaling €54 million from French State via France 2030 and Grand-Est Region to finance construction of world’s first PET biorecycling plant and accelerate R&D activities (Photo: Carbios)

A Carbios também informa que obteve financiamento total de € 11,4 milhões do estado francês como parte do France 2030, dos quais € 8,2 milhões diretamente para Carbios (€ 5 milhões em adiantamentos reembolsáveis) e € 3,2 milhões para suas parcerias académicas INRAE4 , INSA5 e CNRS6 via unidades conjuntas de serviço e pesquisa TWB7 e TBI8. Este financiamento irá permitir a continuação de sua pesquisa para otimização e melhoria contínua das tecnologias enzimáticas da Carbios.

Christophe Béchu, Ministro da Transição Ecológica e Coesão Territorial da França: “Combater a poluição plástica é uma emergência mundial que requer uma redução drástica em seu uso, mas também um aumento em sua reciclagem. Durante muitos anos, equipes de pesquisa públicas e privadas francesas vêm trabalhando em conjunto para desenvolver uma nova tecnologia de reciclagem enzimática. Ao apoiar a construção da primeira unsina de biorreciclagem da Carbios no mundo, a França está provando que a tecnologia da Carbios agora se tornou uma realidade industrial, tornando possível reciclar resíduos que antes eram difíceis de reciclar.”

Roland Lescure, Ministro Francês da Indústria:“Sinto o prazer de anunciar, na abertura da Conferência Mundial de Plásticos, o apoio do estado francês de quase € 54 milhões para projetos inovadores de reciclagem enzimática de plástico da Carbios. A construção na França em 2023 da primeira usina de reciclagem de plástico enzimático do mundo é um passo importante para construir uma economia plástica totalmente circular, um dos maiores desafios ambientais das próximas duas décadas. Este projeto mostra o quanto a transição ecológica é também uma oportunidade para a reindustrialização ecológica de nosso país.”

Bruno Bonnell, Secretário Geral para Investimentos FRANCE 2030:“O apoio do France 2030 é duplo: forneceràFrança uma solução inovadora de processamento de plásticos e posicionar o modelo comercial da Carbios, baseado na venda de licenças a nível internacional. A Carbios é uma empresa cujo desenvolvimento foi progressivo, desde a pesquisa pública, passando pela criação de uma startup, atéàindustrialização de um processo tecnológico. Esta é uma sequência contínua que o France 2030 apoia em particular, e a Carbios é uma excelente vitrine.”

Franck Leroy, Presidente da Região de Grand-Est:“Sou muito grato a Emmanuel Ladent e às equipes da Carbios por escolherem a região de Grand-Est para instalar a primeira planta de PET 100% biorreciclado do mundo. Ao respaldar este projeto, a região está contribuindo ativamente para preservar o meio ambiente, enquanto cria novos empregos e valor agregado na região de Grand-Est. Esta também é uma excelente notícia para Longlaville, e gostaria de homenagear tanto o prefeito como o presidente da área metropolitana. Eles não pouparam esforços, com o apoio constante do estado francês e a ADEME, a fim de tornar esta usina uma realidade. A planta de referência da Carbios está totalmente alinhada com a ambição da região de Grand-Est de se tornar líder na economia circular de PET. Este projeto representa mais um marco na construção de nosso ecossistema.”

A planta irá garantir a comercialização dos primeiros volumes de PET reciclado produzido com a tecnologia da Carbios e oferecer a seus parceiros de PET reciclado a mesma qualidade do PET virgem. Obtidas as licenças necessárias, que devem ser concedidas até o fim de 2023, em linha com o anunciado início da construção antes do fim do ano, a entrada em funcionamento da planta está programada para 2025. Isto será seguido por um período de aumento da capacidade total. A planta terá uma capacidade nominal de processamento de 50.000 toneladas de resíduos de PET ao ano, o equivalente a 2 bilhões de garrafas ou 2,5 bilhões de bandejas de alimentos.

Emmanuel Ladent, Diretor Executivo da Carbios:“Graças ao apoio anterior do estado francês, pudemos demonstrar a competitividade econômica e ambiental de nossa tecnologia em escala de demonstração industrial em Clermont-Ferrand. O apoio renovado da ADEME e da região de Grand-Est são cruciais para esta nova etapa industrial que marca o início de nossa implantação internacional. Nossa primeira planta será a vitrine mundial de nossa tecnologia de bioreciclagem de PET, e estamos muito orgulhosos de estar localizados na França. Gostaria de agradecer ao Conselho Administrativo da Carbios e, em particular, seu Presidente Philippe Pouletty, por seu papel decisivo na concretização desta primeira planta.”

A seleção para financiamento pelo estado francês através do France 2030 e da região de Grand-Est complementa o recente anúncio de uma parceria exclusiva a longo prazo com a Novozymes9, líder mundial na produção de enzimas, sendo um dos principais alvos garantir o fornecimento de enzimasàplanta da Carbios em Longlaville e futuras plantas licenciadas. Além disto, a Carbios garantiu recentemente uma primeira fonte de fornecimento para sua futura planta ao ganhar parte da licitação CITEO para biorreciclagem de bandejas com várias camadas10.

O France 2030 é um plano de investimentos em uma escala sem precedentes. Serão investidos € 54 bilhões para garantir que empresas, universidades e organizações de pesquisa estejam em condições de responder de modo competitivo aos desafios ecológicos e de atratividade do mundo que se avizinha, além de fomentar a emergência de futuros líderes em nossos sectores de excelência, particularmente no campo de transição ecológica. Da pesquisa fundamental ao surgimento de uma ideia, passando pela produção de um novo produto ou serviço, o France 2030 apoia todo o ciclo de vida da inovação até a industrialização.

Sobre a Carbios:

Carbios é uma empresa de biotecnologia que desenvolve e industrializa soluções biológicas para reinventar o ciclo de vida do plástico e produtos têxteis. Inspirada pela natureza, a Carbios desenvolve processos baseados em enzimas para decompor o plástico com a missão de evitar a poluição plástica e têxtil, bem como acelerar a transição a uma economia circular. Suas duas tecnologias disruptivas para a biorreciclagem de PET e a biodegradação de PLA vêm alcançando escalas industrial e comercial. Sua planta de demonstração de bioreciclagem está em operação desde 2021 e uma unidade de referência inédita, em parceria com a Indorama Ventures, deve entrar em operação em 2025. A Carbios recebeu reconhecimento científico, notadamente com a capa da Nature, sendo respaldada por marcas de prestígio nas indústrias de cosméticos, alimentos, bebidas e vestuário para aumentar a capacidade de reciclagem e a circularidade de seus produtos. Nestlé Waters, PepsiCo e Suntory Beverage & Food Europe são membros de um consórcio de embalagens fundado pela Carbios e L’Oréal. On, Patagonia, PUMA, PVH Corp. e Salomon cooperam com a Carbios em um consórcio têxtil.

Acesse www.carbios.com/en para saber mais sobre a biotecnologia impulsionando a circularidade do plástico e produtos têxteis.

Twitter: Carbios / LinkedIn: Carbios / Instagram: insidecarbios

Informações sobre as ações da Carbios:

Código ISIN: FR0011648716

Código Ticker Euronext Growth: ALCRB

LEI: 969500M2RCIWO4NO5F08

A Carbios, fundada em 2011 pela Truffle Capital, é elegível para o PEA-PME, um programa do governo que permite que os residentes franceses que investem em PMEs se beneficiem de descontos no imposto de renda.

Isenção de responsabilidade sobre declarações prospectivas e fatores de risco:

Este comunicadoàimprensa contém declarações prospectivas, não dados históricos, e não deve ser interpretado como uma garantia de que os fatos e dados declarados irão ocorrer. Estas declarações prospectivas estão baseadas em dados, suposições e estimativas consideradas razoáveis pela Carbios. A Carbios opera em um ambiente competitivo e em rápida evolução. Assim, não está em posição de antecipar todos os riscos, incertezas ou outros fatores que possam afetar seu negócio, seu impacto potencial em seus negócios ou a medida em que a materialização de um risco ou combinação de riscos pode conduzir a resultados que diferem significativamente daqueles citados em qualquer declaração prospectiva. A Carbios chama a atenção ao fato de que as declarações prospectivas não são de modo algum garantia de seu desempenho futuro e que sua atual situação financeira, resultados e fluxos de caixa e o desenvolvimento do setor em que a Carbios opera podem diferir significativamente daqueles propostos ou sugeridas pelas declarações prospectivas contidas neste documento. Além disto, mesmo que a posição financeira, resultados, fluxos de caixa e desenvolvimentos da Carbios no setor em que opera sejam consistentes com as informações prospectivas contidas neste documento, tais resultados ou desenvolvimentos podem não ser uma indicação confiável dos futuros resultados ou desenvolvimentos da Carbios. Os leitores são aconselhados a considerar com cuidado os fatores de risco descritos no documento de registro universal apresentadoàautoridade francesa de mercado (“AMF”), bem como no relatório financeiro semestral disponível gratuitamente no site da empresa. Se todos ou parte destes fatores de risco se materializarem ou outros, em nenhum caso a Carbios será responsável por qualquer decisão tomada ou ação tomada em conjunto com as informações e/ou declarações neste comunicado de imprensa ou por quaisquer danos relacionados. Esta informação é concedida apenas a partir da data deste comunicadoàimprensa. A Carbios não se compromete a publicar atualizações destas informações ou das premissas nas quais estejam baseadas, exceto em conformidade com qualquer obrigação legal ou regulamentar que seja aplicável a elas.

A tradução é apenas para fins informativos.

Em caso de discrepância entre as versões em francês e inglês deste comunicadoàimprensa, a versão em francês irá prevalecer.

1 A implementação deste financiamento de € 42,5 milhões está condicionadaàaprovação pela Comissão Europeia do regime de auxílios estatais correspondente, seguida da assinatura de contratos de auxílios nacionais.

2 Agência Francesa para Transição Ecológica

3PTA = ácido tereftálico purificado; MEG = monoetileno glicol

4 Instituto Nacional de Pesquisas de Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente da França

5 Instituto Nacional de Ciências Aplicadas da França

6 Centro Nacional de Pesquisa Científica da França

7 Biotecnologia Branca Toulouse – UMS INRAE 1337 / UAR CNRS 3582

8 Instituto de Biotecnologia de Toulouse – UMR INSA/CNRS 5504 / UMR INSA/INRAE 792

9 Comparar comunicadoàimprensa com data de 12 de janeiro de 2023

10 Comparar comunicadoàimprensa publicado pela Citeo com data de 26 de abril de 2023

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Para mais informação, entre em contato com:

CARBIOS

Melissa Flauraud

Assessoria de Imprensa

melissa.flauraud@carbios.com

+33 (0)6 30 26 50 04

Benjamin Audebert

Relações com Investidores

contact@carbios.com

+33 (0)4 73 86 51 76

Assessoria de Imprensa (França)

Iconic

Marie-Virginie Klein

mvk@iconic-conseil.com

+33 (0)1 44 14 99 96

Assessoria de Imprensa (EUA)

Rooney Partners

Kate L. Barrette

kbarrette@rooneyco.com

+1 212 223 0561

Assessoria de Imprensa (Alemanha, Áustria, Suíça e Reino Unido)

MC Services

Anne Hennecke

carbios@mc-services.eu

+49 (0)211 529 252 22

Fonte: BUSINESS WIRE