Pacientes de Covid-19 podem colocar prótese de joelho e quadril com segurança

Por Redação Saiba Já News
Pacientes de Covid-19 podem colocar prótese de joelho e quadril com segurança

Um estudo divulgado em abril deste ano pela revista internacional The Journal of Arthroplasty constatou que pessoas que tiveram COVID-19 podem realizar a cirurgia da prótese de quadril e joelho (artroplastia) com segurança.

A pesquisa analisou um grupo de pessoas que realizaram a cirurgia da prótese de joelho ou quadril, e tiveram o vírus, comparando com aquelas que não foram infectadas.

“Com as diversas sequelas que permaneceram após o contágio do coronavírus, muitos pacientes ficaram com medo de colocar a prótese mesmo com indicação médica, e o estudo vem para mostrar que a COVID-19 apresenta pouquíssima influência no pós-operatório da artroplastia”, explica o médico ortopedista, que atua há mais de 30 anos em cirurgias de joelho, Rogério Fuchs. 

O estudo demonstrou que os resultados são semelhantes, sem aumento de riscos e complicações. “A única diferença é o tempo médio de permanência no hospital durante o pós-operatório, que acabou sendo um pouco maior entre aqueles já infectados por COVID-19, para um maior controle. Isso porque o risco de pneumonia no pós-operatório é maior entre aqueles com diagnóstico prévio de coronavírus (6,9% versus 3,5%)”, ressalta o médico ortopedista e especialista em cirurgia do joelho e do quadril Thiago Fuchs.

O que é a artroplastia do joelho e quadril? 

A artroplastia é um procedimento cirúrgico que consiste na colocação de uma prótese total ou parcial na articulação do quadril e/ou joelho a fim de devolver a mobilidade dos movimentos e diminuir as dores. Pacientes que recebem a indicação médica para a artroplastia normalmente apresentam um quadro de artrose com desgaste da cartilagem e alterações na anatomia da articulação, o que resulta em limitação de movimentos e dores intensas ao praticar exercícios ou realizar atividades cotidianas. Tanto pessoas idosas quanto jovens e atletas de alto rendimento podem ser beneficiados com o procedimento. Ao apresentar algum desses sinais, o recomendado é buscar a avaliação de um ortopedista especializado em joelho e quadril.