Amazon apresenta dados inéditos sobre seu impacto nas pequenas e médias empresas

Por Redação Saiba Já News
Amazon apresenta dados inéditos sobre seu impacto nas pequenas e médias empresas

Os destaques do estudo inédito realizado pela Amazon sobre seu impacto nas pequenas e médias empresas (PMEs) brasileiras que vendem através de seu marketplace foram apresentados pela empresa em evento realizado em São Paulo no final do mês de maio. O estudo revela que a Amazon Brasil totaliza mais de 50 mil vendedoras e vendedores parceiros com ofertas ativas em seu marketplace, 99% são PMEs, somando cerca de 9,6 milhões de produtos listados no site. 

Ao longo dos últimos anos, o comércio eletrônico se tornou uma das principais fontes de renda para os empresários brasileiros. De acordo com o estudo, 81% das lojas parceiras na Amazon Brasil foram lançadas entre 2020 e 2022. Os pequenos e médios negócios que vendem no marketplace da Amazon.com.br, lançado em 2017, já geraram mais de 54 mil empregos diretos e indiretos no Brasil relacionados a essa parceria, reforçando o compromisso de longo prazo da companhia com o país. 

De acordo com Ricardo Garrido, diretor da loja de Vendedores Parceiros da Amazon Brasil, os vendedores brasileiros encontram na Amazon a oportunidade de ampliar e profissionalizar seus negócios. “Nosso objetivo é que os negócios dos nossos vendedores parceiros continuem crescendo e nosso time trabalha arduamente para que cada loja se desenvolva e aumente suas vendas. Os números que trouxemos são o retrato atual da nossa rotina de empoderar nossos parceiros, o que contribui, também, para o desenvolvimento econômico do país”, diz. 

A grandiosidade do Brasil também é vista nos números: 62% dos vendedores parceiros estão localizados fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e 77% das vendas são destinadas a clientes de estados diferentes de onde o vendedor está localizado. Por meio da Amazon, esses vendedores conseguem alcançar uma base nacional de clientes, promovendo diversidade e inclusão geográfica. O estudo mostra também que os estados do Piauí, Rondônia e Amazonas são os que apresentaram maior crescimento no número de vendedores no marketplace da Amazon desde 2019. 

Além de impulsionar as pequenas e médias empresas a nível nacional, os números demonstram que a Amazon ajuda esses negócios a expandirem para novos países, uma vez que cerca de 8% dessas PMEs exportam para os Estados Unidos e outros mercados, um crescimento de aproximadamente 4x entre 2018 e 2022. 

“A Amazon investe no sucesso das pequenas e médias empresas, ajudando-as a alcançar mais clientes por meio de programas logísticos, ferramentas tecnológicas e capacitação”, completa Garrido. Priorizando o desenvolvimento desses vendedores parceiros e com o objetivo de profissionalizar ainda mais o setor, a empresa investe fortemente em treinamento para as PMEs. Durante 2021 e 2022, foram mais de 216 mil treinamentos concluídos e 6.3 milhões de horas de conteúdo consumidas pelos participantes.