Empresas investem em aplicativos de comunicação interna

Por Redação Saiba Já News
Empresas investem em aplicativos de comunicação interna

A cada ano, pesquisas de tendências em Recursos Humanos têm apontado com mais frequência a comunicação interna e a cultura organizacional como um dos principais fatores para o engajamento e fortalecimento de equipes. A explicação é simples: colaboradores bem alinhados com a cultura da empresa se sentem bem em seu trabalho, trazendo resultados positivos. No Brasil, considerando este contexto e novas realidades de trabalho, várias empresas estão investindo no desenvolvimento de aplicativos de comunicação interna.

Uma pesquisa da Gallup revelou que empresas com colaboradores altamente engajados têm uma lucratividade 21% maior em relação a empresas com colaboradores não engajados.  Esse dado de mercado revela o motivo de uma das soluções mais procuradas por esses profissionais e setores ser a centralização da comunicação em um canal direto com seu público, que promova uma nova experiência com interação, fortalecendo  a cultura organizacional.

Esta é uma tendência cada vez mais clara principalmente após a pandemia da covid-19, quando se tornou cada vez mais comum o modelo de trabalho remoto/híbrido.

Aplicativos de comunicação interna no Brasil

No Brasil, o setor de tecnologia está atento a esta tendência e aplicativos de comunicação interna estão sendo especialmente desenvolvidos para atender à demanda e ao perfil do mercado brasileiro.  O cenário atual das plataformas digitais de comunicação interna no país conta, de um lado, com grandes organizações internacionais e, de outro, startups nacionais investindo cada vez mais em aplicativos de comunicação que forneçam soluções em distribuição de conteúdo interno e aprimorem a experiência do colaborador. 

Entre os aplicativos desenvolvidos pelas empresas brasileiras está o NOZ, que busca oferecer uma experiência de comunicação personalizada e gamificada para profissionais de RH e CI.  Lançado no mercado em 2020, hoje já atende mais de 25 empresas e já conta com mais 75 mil usuários individuais cadastrados. 

Desde a sua criação, já precisou encarar alguns desafios, devido à novidade deste tipo de produto no mercado brasileiro. O principal deles é encontrar soluções que atendam às necessidades de cada uma das organizações, levando em consideração seu tamanho, objetivo e cultura, que podem ser bem diversos.

“O que vemos no mercado são empresas fragmentando as comunicações em multicanais, o que dificulta a coordenação e a localização das informações mais relevantes, o que deixa o público perdido e disperso. Independentemente do perfil da empresa ou do público-alvo com quem ela quer estabelecer uma comunicação, é muito importante pensar na centralização, ter tudo que seu público precisa em um único lugar e na palma da mão. Reduzir a quantidade de ferramentas e simplificar o processo é a chave para iniciar uma comunicação eficaz”, explica a CEO do NOZ, Luciana Ribeiro.

Gamificação e segmentação

O NOZ adota quatro estratégias fundamentais para alcançar seus objetivos de comunicação e negócios: 1. Centralização: todas as informações que o usuário precisa em um aplicativo de comunicação interna ; 2. Segmentação: direcionar o conteúdo para públicos específicos de forma segmentada e individualizada; 3. Desenvolvimento: promover a capacitação da equipe por meio de treinamentos e cursos e 4. Gamificacação: distribuir pontos por cada atividade dos usuários na plataforma, que podem ser trocados por recompensas. Assim, é possível fortalecer o sentimento de pertencimento dos colaboradores, reduzir ruídos e dar maior praticidade ao acesso e organização das informações.

Essas frentes de engajamento são constantemente aprimoradas pela plataforma, sendo a gamificação um elemento-chave para estimular o envolvimento dos usuários. Através das interações realizadas no aplicativo (como curtidas, visualizações e comentários no feed), é possível acumular pontos que podem ser trocados por recompensas. Por sua vez, a segmentação de conteúdo desempenha um papel importante ao possibilitar uma comunicação mais assertiva e prática, funcionando como um filtro para evitar o excesso de informações.

Utilizando os dados coletados para traçar metas e estratégias

É fundamental que os profissionais das áreas de RH e comunicação interna estejam atentos à coleta de dados, a fim de embasar suas decisões de maneira qualificada. Os aplicativos e softwares de comunicação interna representam um investimento, não apenas para facilitar o fluxo de informações e implementar a cultura organizacional, mas também para embasar com dados as decisões estratégicas das empresas.

Para saber mais:

Outros conteúdos relevantes para profissionais da comunicação interna e RH podem ser encontrados no site do NOZ e em suas redes sociais (Instagram e LinkedIn). É notável como a tecnologia e a inovação têm se integrado em todos os setores empresariais, especialmente naqueles que lidam com a gestão de pessoas.