Prefeitura de Maringá: Plano de Metas reforça gestão eficiente e inovadora com 457 ações no primeiro quadrimestre de 2023

Por Repórter Jota Silva
Uma das ferramentas que tem colocado Maringá como referência em gestão pública inovadora é o Plano de Metas. Foto: Rafael Macri / PMM

A eficiência dos serviços públicos prestados pela comunidade passa pelo planejamento estratégico da Prefeitura de Maringá. Uma das ferramentas que tem colocado Maringá como referência em gestão pública inovadora é o Plano de Metas. Neste mês, nos dias 24 e 31, os secretários  municipais apresentaram resultados do Plano de Metas com as ações cumpridas no primeiro quadrimestre deste ano, entre os meses de janeiro e abril. No período, foram 457 ações com diversas conquistas importantes e avanços para a população. 

Entre as ações desenvolvidas no quadrimestre estão a implantação de projetos na educação, como o ′Programa Esporte na Escola′ e oficinas de teatro e dança para alunos do ensino integral, a chamada Ampliação da Jornada Escolar, além de iniciativas na área de infraestrutura, como manutenção e recuperação de estradas rurais e nas unidades escolares da rede municipal. As ações também incluem o manejo de áreas de preservação ambiental e a criação de marcenaria para destinação sustentável de resíduos de podas e remoções de árvores. 

Para 2023, foram definidas 25 metas, que reúnem propósitos para melhorar a vida da comunidade; 152 projetos, que detalham como as metas podem ser aplicadas; e 349 ações com atividades práticas para garantir o cumprimento das metas. Neste primeiro quadrimestre, foram 457 das 1.440 ações previstas para o ano. “O Plano de Metas é uma forma de otimizarmos o trabalho, com foco no desenvolvimento sustentável e qualidade de vida da população. Com isso, construímos uma gestão eficiente, organizada e planejada”, destacou o prefeito Ulisses Maia.  

A metodologia do Plano de Metas estabelece o desenvolvimento de ações em cinco eixos temáticos (Maringá Empreendedora, Maringá Inteligente, Maringá Transparente, Maringá Sustentável e Maringá Inclusiva). As metas estão ancoradas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e nos princípios do conceito ESG (Ambiental, Social e de Governança).