Dengue: Secretaria de Saúde vistoria 38 mil imóveis nos mutirões do primeiro semestre

Por Repórter Jota Silva
Mutirões contra a dengue

A Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Maringá, divulgou hoje (4) um balanço com dados dos mutirões contra a dengue no primeiro semestre de 2024. Foram realizadas 18 ações entre janeiro e junho, mobilizando 525 servidores. As equipes visitaram 38.083 imóveis em todas as regiões da cidade, orientando 80.024 pessoas.

As vistorias aconteceram aos sábados com diferentes equipes verificando como estavam os quintais e dependências das residências. E orientando os moradores com os cuidados contra o mosquito Aedes Aegypti. “Fizemos um trabalho preventivo que funcionou, deu ótimos resultados”, comenta a secretária de Saúde, Karina Rissardo. “Graças aos mutirões que a dengue não teve um período tão grave em Maringá”.

Ela lamenta as sete mortes pela doença no período epidemiológico em Maringá. Porém, em outras regionais de Saúde foram sete vezes mais óbitos pela doença.

Entre as 218 notificações dadas pelas equipes da Secretaria de Saúde estão motivos como má conservação do imóvel, obstrução do passeio público, recipientes com focos de dengue, entre outros. Os moradores foram orientados a limpar os quintais e eliminarem os focos do mosquito.

A Secretaria de Saúde continuará com os mutirões de prevenção contra a dengue no segundo semestre de 2024. Porém, com ações diferentes, avaliando os casos de dengue no decorrer de cada semana para fazer ações específicas logo em seguida.

DADOS

  • 18 mutirões
  • 38.083 imóveis
  • 80.024 pessoas orientadas
  • 525 servidores atuaram
  • 218 imóveis notificados
mutirões contra a dengue