Zelensky: “Ucrânia está pronta para começar contraofensiva na guerra contra a Rússia”

Por Repórter Jota Silva
Volodymyr Zelensky, President Of Ukraine. Foto/Print The Wall Street Journal.

Guerra — Enquanto o mundo espera pela contra-ofensiva da Ucrânia contra a Rússia, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, sentou-se com a editora-chefe do Wall Street Journal, Emma Tucker, em Odesa, para falar sobre a necessidade de consolidar a segurança de longo prazo da Ucrânia, já que o país enfrenta um futuro incerto. 

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse que a Ucrânia está pronta para lançar sua tão esperada contraofensiva na guerra contra a Rússia, durante a entrevista ao The Wall Street Journal.

“Acho que, a partir de hoje, estamos prontos para isso. Gostaríamos de ter certas coisas, mas não podemos esperar por isso por meses”, disse Zelensky sobre as tão esperadas manobras militares.

Zelensky disse acreditar que a contraofensiva será bem-sucedida, mas não sabe ao certo quanto tempo levará.

“Todos sabem perfeitamente que qualquer contraofensiva no mundo sem controle nos céus é muito perigosa. Imagine a sensação de um soldado que sabe que não tem teto e não consegue entender como os países vizinhos têm isso”, disse Zelensky sobre sua campanha obstinada por aliados para fornecer caças F-16 à Ucrânia.

Por fim, de acordo com o WSJ, Zelensky reconheceu a superioridade da Rússia nos céus, acrescentando que a falta de proteção contra o poder aéreo russo significa que “um grande número de soldados morrerá” durante a contraofensiva.

“Se todo mundo sabe que precisamos de proteção para nossos céus, então qual é o problema em (nos dar) os jatos modernos? Qual é o problema?”, ele implorou.

Entrevista ao The Wall Street Journal

O presidente da Ucrânia discutiu com Emma Tucker, em Odesa, a tão esperada contra-ofensiva, Trump, o papel da China e sua fé na OTAN. Zelensky também pressionou os aliados sobre armas para proteção. 

*Veja a entrevista de Zelensky: www.wsj.com