Paraná vai investir mais de R$ 35 milhões em saúde bucal

Por Repórter Jota Silva
Sesa prevê investimento de mais de R$ 35 milhões no atendimento odontológico no Paraná -

A Sesa fará um repasse aos municípios de R$ 34,975 milhões na aquisição de kits odontológicos para as equipes de Saúde Bucal das UBS. A princípio, investimento está determinado pela resolução 0859/2022 , da Secretaria de Estado da Saúde, publicada em 19 de dezembro de 2022.

Serão 1.399 kits kits odontológicos direcionados aos municípios das 22 Regionais de Saúde que possuem equipes de Saúde Bucal (eSB), que dessa forma possibilitarão maior prevenção e tratamento, proporcionando um melhor atendimento nesta área.

  • Estado vai ampliar programa de regularização fundiária de imóveis

“Este recurso vai possibilitar a compra de equipamentos novos e modernos para o atendimento odontológico das 1.182 equipes no Estado.

Dessa forma, será possível ampliar procedimentos específicos com maior qualidade e infraestrutura, tudo isso para um acesso de forma integral ao cuidado em saúde bucal no Sistema Único de Saúde”, disse Beto Preto.

Os municípios poderão adquirir um ou mais itens do kit odontológico, que conta com instrumentos para compor uma sala 100% completa.

São equipamentos auxiliares, aparelho de ultrassom odontológico, compressor de ar, bomba de vácuo, aparelho de fotopolimerizador de led, autoclave de bancada.

Além de cadeiras, refletor, unidade acoplada à cadeira, mocho odontológico, caneta de alta rotação, micromotor, computadores para a informatização, entre outros.

INVESTIMENTOS 

O valor total de investimentos para a área de saúde bucal nesta gestão (2019/2022) soma aproximadamente R$ 72 milhões.

Houve repasses para compra de insumos para o Programa Estadual Bochecho com Flúor e o Programa Estadual de Mínima Intervenção em Odontologia

Bem como investimentos em equipamentos para a clínica odontológica da Universidade Estadual de Maringá (UEM), e Oeste do Paraná (Unioeste).

“Todos estes investimentos proporcionam um aumento significativo no acesso de serviços para a população, além disso os profissionais da área terão uma melhor estrutura para trabalhar com excelência”, avaliou a chefe da Divisão de Saúde Bucal da Sesa, Gabriela Pereira Afonso.

REFORÇO –  As equipes de APS estão passando por uma restruturação dos processos de trabalho, retomando  as atividades de rotina dentro das UBS.

Nesse sentido, a Sesa vai pagar parcela adicional de aproximadamente R$ 4,5 milhões de incentivo da APS aos municípios que já recebem mensalmente o recurso. Parte deste valor será direcionado também às eSB.

“A Sesa investe em todas as equipes da Atenção Primária à Saúde para organizar o atendimento às pessoas em todas as suas necessidades de saúde, inclusive na Saúde Bucal”, destacou Maria Goretti David Lopes.