Ranking global coloca UEM entre melhores do Paraná em Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU

Por Repórter Jota Silva
Ranking coloca UEPG entre melhores do Paraná em Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Foto: Aline Jasper/UEPG

As universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG) e do Oeste do Paraná (Unioeste) estão novamente entre as principais instituições de ensino superior, em relação aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). A informação foi divulgada nesta quinta-feira (1º) no Impact Rankings 2023 da Times Higher Education (THE), revista vinculada ao jornal britânico The Times.

O ranking avaliou 47 universidades brasileiras, entre 1.519 instituições de 112 países de todos os continentes. A classificação se baseia em dados enviados pelas instituições, conforme indicadores estabelecidos para cada objetivo. O estudo apresenta uma classificação geral por país e um agrupamento por ODS.

A UEL figura em 10º lugar nacional e na posição global 301-400. Em relação aos ODS, a instituição ocupa lugar de destaque nos ODS 4 – Educação de Qualidade; 5 – Igualdade de Gênero; 7 – Energia Limpa; e 17 – Parcerias.

A reitora da UEL, Marta Regina Gimenez Favaro, explica que a universidade desenvolve ações de sustentabilidade que promovem o envolvimento de toda a comunidade acadêmica. “Estamos falando de uma universidade que se preocupa com os ODS e que os coloca em prática efetivamente. É um trabalho que tem sido feito de forma cuidadosa, de forma respeitosa, compromissada e competente por todos aqueles que promovem as ações através de projetos de pesquisa, extensão, pelas ações de serviço à sociedade, pelos nossos projetos de ensino”, disse.

Marta destaca o compromisso da universidade com a Agenda 2030. “Recentemente foi lançado o Portal de Sustentabilidade da Universidade Estadual de Londrina, por enquanto estamos com 120 projetos alinhados com os ODS. Isso reforça o compromisso da universidade em responder a essa demanda mundial de respeito e de ação em relação ao que foi estabelecido na agenda 2030”, completou.

A UEM está classificada na 11ª colocação entre as universidades brasileiras, seguida pela Unioeste e a UEPG, que ocupam a 19ª e a 32ª posições, respectivamente. As três instituições apresentaram alto desempenho em relação aos seguintes ODS: 2 – Fome Zero e Agricultura Sustentável; 4 – Educação de Qualidade; 5 – Igualdade de Gênero; 6 – Água Potável e Saneamento; 7 – Energia Limpa; 8 – Trabalho e Crescimento Econômico; 16 – Justiça; 17 – Parcerias.

Além das estaduais, o ranking também destaca a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

ODS – Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável fazem parte da chamada Agenda 2030, um pacto global assinado durante a Cúpula das Nações Unidas, em 2015, pelos 193 países membros. Essa agenda é composta por 17 objetivos que se desdobram em 169 metas, com foco em superar os principais desafios para o crescimento sustentável global até o ano de 2030.

COMPROMISSO – O Governo do Estado do Paraná, por meio do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social (Cedes), vem priorizando o planejamento, execução e monitoramento de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável do Paraná. O intuito é ampliar, cada vez mais, o retorno social das ações governamentais, a partir da implementação e interiorização dos ODS.